Onde estamos: MISSÃO História do Hospital

HISTÓRIA DO HOSPITAL

E-mail Imprimir PDF
Índice do Artigo
HISTÓRIA DO HOSPITAL
Mais história ...
Todas as Páginas

 

Bem-vindo ao Hospital de Nossa Senhora das Dores, uma empresa que tem como missão oferecer cuidados à saúde, com qualidade, tecnologia, humanização e valorização de seus colaboradores.Fundado em 1873, o HNSD busca a excelência nos cuidados à saúde com sustentabilidade econômica- financeira  para  ser reconhecido como o melhor hospital da macrorregião leste do sul, se posicionar entre os 3 melhores hospitais da Zona da Mata. Guiados por valores que compõem nossa tradição, alinhamos-nos aos princípios éticos na entrega profissional de cuidados à saúde. Somados ao intenso trabalho em equipe, para  oferecer  cuidados de forma humanizada, profissional e de qualidade sempre apoiados por uma forte espiritualidade, atendendo à sociedade de forma responsável e  preservando o meio ambiente.

História da Irmandade do Hospital de Nossa Senhora das Dores

O surgimento do Hospital  de Nossa Senhora das Dores/HNSD contou  com a prestimosa dedicação e empenho de muitos benfeitores da  comunidade e da região.  O fato do padre João Paulo Maria de Brito ter encontrado uma  senhora pobre já sem vida  na sarjeta, sensibilizou  sua alma  a  idealizar  um  lugar que acolhesse os doentes e lhes desse a chance de se curar e sobreviver.

Então, reunindo médicos, farmacêuticos, políticos, fazendeiros, populares e religiosos o padre João Maria junto com sua equipe elaborou o  projeto de criação de uma Irmandade e começou a construção do Hospital da Cidade, que tivesse como patrona Nossa Senhora das Dores.

Uma comissão  foi constituída para administrar a obra  tendo a frente  o Dr. Leonardo José Teixeira da Silva ( presidente) auxiliado pelo Frei Paulino Vicente  Fabbri,  que administrava a obra.

O sonho da Irmandade do Hospital de Nossa Senhora das Dores se tornou realidade no dia 12 de junho  de 1872, quando o Arcebispo de Mariana Antônio Viçoso  enviou a Carta de Provisão, instituindo e dando legitimidade ao projeto de filantropia.

Com quermesses, pedidos de ajuda, doações e auxílio de muitos voluntários, foram viabilizados com  sustentabilidade recursos e com dois anos de trabalho a idéia humanitária foi concebida. O Hospital de Nossa  Senhora das Dores estava pronto !  A sua inauguração aconteceu no dia   21 de setembro de 1873.

Desde a sua inauguração sem recursos para se manter, o Hospital de Nossa Senhora  das Dores, sempre contou com donativos da comunidade.   Também Sua Majestade o Imperador do Brasil Dom Pedro II,  em visita ao HNSD no dia  30 de junho de 1886  fez a doação de 400$.(Quatrocentos réis)

Hoje com mais de um século de vida o Hospital de Nossa Senhora das Dores/ HNSD oferece assistência a saúde à população da macrorregião com qualidade e humanização.  Possui um corpo clínico com 77 médicos e mais de 500  colaboradores celetistas e 08 profissionais terceirizados,  aplica recursos em   tecnologia e oferece os exames mais avançados,  com o diagnóstico preciso.

O Hospital de Nossa Senhora das Dores é referência em saúde  no atendimento materno Infantil, tratamento do câncer: quimioterapia e nefrologia.  A instituição é uma entidade sem fins lucartivos e aceita doações de pessoas físicas e jurídicas,  para que continue oferecendo cuidados à saúde. O segredo do sucesso do HNSD é  a união das pessoas  em prol da atenção à saúde de toda macrorregião.

 

 

 

 

 

2017

 

 

Instituto de Nefrologia

O projeto inicial  começou na administração do Provedor Dr. José André de

Almeida Júnior. Inaugurado em 12 de março de 1993 , sob os cuidados do Dr. Marco Túlio Kfuri Araújo. O primeiro serviço de nefrologia do HNSD funcionava  onde hoje  é atual UPA (Unidade de Procedimentos  Ambulatoriais). Devido ao aumento  do número de pacientes

renais foi necessário ao HNSD ampliar seu serviço. A construção da nova sede, onde atualmente funciona o Serviço de Nefrologia se deu no mandato do provedor Dr .Antônio Luiz Lanna.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Centro de Tratamento do Câncer do Hospital de Nossa Senhora das Dores/HNSD

 

 

Inaugurando no dia 06 de abril de 2000 no mandato do provedor Antônio Luiz Lanna e do administrador hospitalar Tarcísio Darell o serviço de tratamento do câncer teve com primeiro médico responsável  o médico  Marcelo Pimenta Fernandes Lima e oferecia o serviço de quimioterapia.  Em 2009  o HNSD obteve credenciamento para atender  pacientes do SUS. Em razão do crescimento e do atendimento, houve desejo de se ampliar o serviço para a radioterapia, tendo em vista a grande necessidade da região.

 

 

Com ajuda de muitos voluntários e parceiros o sonho se tornou realidade em 21 de setembro de 2013 tendo como administrador de Cristian Tassi e provedor Antônio Luiz Lanna. O novo CTC oferece também o serviço de Radioterapia.  Hoje com o  corpo clínico ampliando   para  05 médicos oncologista: 3 cirurgiões-oncológicos ,  3 oncologisitas , 1 médico –cirurgião de apoio e 1 clínico geral, atende aos pacientes de toda região que fazem tratamento de quimioterapia.

O Centro possui 1000m2 dedicados ao tratamento do câncer. 500 m2 para quimioterapia e 500m2 para a radioterapia.  Dados de Indicadores do HNSD   informam que os números de pacientes em tratamento de câncer estão aumentando consideravelmente. Neste contexto, hoje são feitas 50 cirurgias oncológicas e cerca de 300 pessoas fazem tratamento de quimioterapia. Em breve, serão atendidas em média 500 pessoas  a partir da ativação da radioterapia. O CTC é fruto da solidariedade e do amor daqueles que acreditam no HNSD. Tal avanço só foi possível com a ajuda de muitos doadores voluntários e com o apoio políticos em prol da região.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 2017 , depois de ter seu projeto de ampliação aprovado o Hospital de Nossa Senhora das Dores ganhou uma doação para o seu serviço de oncologia.

“Nós agradecemos a Justiça Federal de Minas Gerais, que através do Ministério Público Federal destinou recursos arrecadados de multa trabalhista, de aproximadamente R$200.000,00 para a ampliação da Sala de aplicação de Quimioterápicos do Instituto de Oncologia Miguel Bartolomeu.” Ressalta o Provedor HNSD Dr. Francisco Rodrigues da Cunha Neto. Com a conclusão da Obra em 120 dias, O hospital poderá oferecer cuidados à saúde com mais conforto e qualidade ao paciente em tratamento do câncer. #euajudoohospital